quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Literalmente,não me agradei com a palavra mudar,é dificil concordar,aceitar e reconheçe que as vezes é preciso
Seu chinelo está na beirada da minha cama,lembro daquele habito de me beijar no rosto ao acorda.
Mas quando abro os olhos,foi apenas mais um pensamento,depois fico a imaginar e começo a sorrir sozinha com esperança de virar para trás e ver você novamente.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

O dia amanheceu frio,por causa da chuva que deu na madrugada de sabado.Acordei rapidamente com o barulho da chuva caindo no telhado.
Mas dormi novamente,não sonhei,não que me lembre.O dia amanheceu frio como imaginava,sempre achei o frio um acontecimento chato,mas no meu caso tinha coisas piores.
Acordei cedo,olhei para o relógio era umas 8:00 da manhã vi na minha janela uma pequena borboleta batendo no vidro.Lembrei quando papai,me perguntava o que gostaria de ser quando crescesse.
Nossa!! Já quis ser tantas coisas:Bombeiro,Astronauta,Policial...me lembrei e sorri rapidamente.
Meu pai sempre foi um homen de poucas palavras se chorava nunca foi na minha frente.Minha mamãe sempre foi brava,mas amável.Já Bia,não era bem a irmã que gostaria de ter,mas é sempre assim,nunca damos valor no que temos.
Fiquei pensando até que mamãe se levantou da poltrona e me perguntou se estava com dor.
Respondi com a cabeça,ascemando que não!Ela voltou para a poltrona e dormiu mais um pouco.
Voltei aos meus pensamentos.Não queria estar naquele lugar acho que ninguem gostaria.
Já estava há 2 meses,não falava muito,mais observava bastante,foi o que me sobrou.As pessoas aos poucos ia se esquecendo de me visitar ou tinham coisas mais importantes.
O único amigo meu ele ia todos os dias  ao hospital me ver,Mateus mesmo eu não falando muito,as vezes dormindo,ele ficava ao meu lado me dizendo o que fez na aula na minha ausencia,que tinha aprendido a conjulgar um novo verbo.Que quando eu saisse de lá,iriamos na piscina da mortal dentro D'agua.
Ficava horas me dizendo o que tinha acontecido,as vezes,ele me olhava,apenas me olhava.Depois lembrava que se ele não falasse o silêncio permanecia no quarto,até o remédio fazer efeito e eu voltar a dormi.
A hora demorava a passar,minha mãe ainda a dormi.A dor estava voltando aos poucos,as vezes,a minha situação de não ter tido uma infância igual de Bia me abalava mais que as dores.
Queria ter ido aos domingos na casa da vovô,ter comido suas panquecas e depois ir jogar xadrez e quando sentisse sonho,iria dormi até o horário de ir embora.
Queria ter participado do jogo de futebol e da cola da prova de matemática que tinha esquecido de estudar.
Queria ter ouvido aos músicas novas que saia na rádio da minha cidade.
Mas querer,nem sempre é poder.Olhei novamente para o relógio era quase 9 horas.Papai e Bia iriam me visitar meio dia,mas meio dia ainda tava longe.
Voltei a olhar para o vidro da janela,a aborboleta insistia em continuar ali,se machucando ao inves de ir embora,eu não poderia levantar e ir ajuda-lá.
A dor estava mais forte,mas resolvi ser forte e~não chamar mamãe.Fiquei olhando fixamente a expressão cansada de minha mãe,foi ela e Mateus que nunca me abandonaram.
Me deu vontade chorar,mas rapidamente se passou.
Mamãe que me ensinou a andar de bibicleta e a escrever o meu nome,ela que me ensinou a jogar o dentinho em cima do telhado para a fada do dente trazer-me um novo.
Ela que me ensinou a amar.
Eu já estava cansado de ficar naquele lugar sem poder viver normalmente.Olhei novamente para mamãe ,e ela acordou assutada.Me perguntou se estava com dor,disse-lhe que não,mas não era bem isso que acontecia.Pedi a ela aguá,ela me deu.
Me disse que daqui a pouco papai e Bia chegariam para me visitar,Bia me olhava com pena só conseguia descifrar o olhar sem málicia de minha irmã.
A dor aumentou,já era 9:30 mamãe ficou do meu lado.
Quando me viu chorando,já tinha percebido que a dor tinha voltado.Saiu e foi chamar uma enfermeira.
Eu olhei novamente para a pequena borboleta,ela parou de bater no vidro e caiu,mamãe e a enfermeira chegaram no quarto.
Eu fiz o mesmo fechei os olhos e dormi etermamente.Fui aos poucos me desligando do que acontecia ao meu redor.
Eu sabia que estava dando trabalho,mas minha falta deixaria um buraco no peito deles.
Eu sabia, que os domingos,as segundas,os dias,seriam vazios sem minha pequena presença.E Mateus teria que arrumar outro amigo para aprender a conjulgar os verbos e os motais na piscina.
Sou feliz ao que sinto,faço a minha sorte,e aceito feliz quem sou eu.
Tenho certeza que foi o melhor.
Amos voces para meu todo sempre.

sábado, 5 de novembro de 2011

O Curioso Caso de Beijamin Button

Se quer saber nunca é tarde demais ou cedo demais no meu caso para ser o que você quizer ser.
Não há limites que o tempo,começe quando quiser.
Você pode mudar ou ficar como estar,não a regras para esse tipo de coisa.
Podemos encarar a vida de forma positiva ou negativa.
Espero que encare positiva.
Espero que veja coisas que surpreendam você.
Espero que sinta coisas que nunca sentiu antes.
Espero que conheça pessoas com o ponto de vista diferente.
Espero que você viva a vida pela qual se orgulha.
E se descobrir que não tem.
Espero que tenha força,para começa novamente!

Querido Jhon(O filme)

Enquanto as lembranças dele são estrelas no céu noturno,as minhas compõem o assombrado espaço entre elas.
E ao contrario dele,sinto o peso de perguntas que já me fiz mil vezes desde nosso ultimo encontro.
Por que fiz aquilo?
Faria tudo de novo?
Estamos fechando os olhos,e as vezes chego a pensar que estamos perdendo tempo por sempre tentarmos volta ao mesmo lugar.
A vida sem dúvida é um prato diferente a cada dia.
E jurei nunca mais chorar por meus sonhos,mas me vejo neles a cada noite que durmo.
Tudo é questão de tempo,tudo é questão de fé.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Não Tenho nada de completo.Eu vivo meio carente,meio alegre,meio triste.]Eu sempre fui assim,mais ou menos.Café com leite.Meio sem graça.Sempre gostei do talvez,de água meio fria,de suco meio gelado de fruta meio madura.
É sinceramente não arrependo porque o que nasceu completo e com certeza,não tem graça!!
Não tem o que proucura,não tem o que resolver,não tem o que encontrar (autor desconhecido)

domingo, 28 de agosto de 2011

Tenho medo de querer voltar.
Tenho medo realmente de querer o que meus passos não me levam.
Afinal,será que amar é mesmo tudo?

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

terça-feira, 9 de agosto de 2011

Recomeça.

Daí penso:Depois recomeço!
Recomeça como se o chão que eu piso voce flutua.
Queria encontrar um lugar para te deixar lá,e quando sentisse sua falta,voltaria e recomeçaria sem medo de ser feliz.Quando realmente a vontade de viver aventuras penetrasse o meu desejo de livrar desse sentimento que qual o nome não enventaram ainda.09\08\2011
Meu violão as cordas perderam o som,meus dedos esqueceram as notas e as lágrimas molharam as cifras. 09\08\2011

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Queria ter lhe conhecido antes
Muito antes...
Para que nenhum de nós dois tivesse
Medos ou cicatrizes...
Queria ter estado com você
Quando seu coração descobriu
O que era AMOR
Quando seu corpo descobriu
O que era DESEJO
E antes que pudesse sofrer
Eu estaria do seu lado
Amando-lhe
Entregando-me
E juntos poder ter aprendido
As lições da vida e do coração...
Queria ter lhe conhecido muito antes
Quando suas esperanças
Começaram a nascer...
Quando seus sonhos ainda eram puros
E seus ideais ainda ingênuos...
Pena termos nos encontrado só agora
Já com o coração viciado
Em outros amores
Com uma imagem meio falsa
Do que é felicidade
Do que é entregar-se...
Queria ter lhe encontrado antes
Muito antes
Numa nova vida
Num outro tempo
Em que não precisássemos
Temer o nosso futuro
Nem nossos sentimentos...

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Sonhos

Tudo era apenas uma brincadeira.
E foi crescendo,crescendo,me absorvendo.
E de repente eu me vi assim completamente seu.
Vi a minha força armarrada ao seu passo.
Vi que sem voce não tem caminho,eu não me acho.
Vi um grande amor gritar dentro de mim como eu sonhei um dia.
Quando o meu mundo era mais mundo.
E todo mundo admitia.
Mas pureza,mais carinho,mais calma,mais alegria no meu jeito de me dar.
Quando a canção se fez mais forte e mais sentida.
Quando a poesia fez folia em minha vida.
Voce veio me contar dessa paixão inesperada
Por outra pessoa.
Mas não tem revolta não.
Eu só quero que voce se encontre.
Ter saudade até que é bom.
É melhor que caminha vazio.
A esperança é um dom.
Que eu tenho em mim.
Tenho sim.
Não tem desespero não.
Voce me ensinou milhões de coisas.
Tenho um sonho em minhas mãos.
Amanhã será um novo dia.
Certamente eu vou ser mais feliz.
A cama está feita.
Com leiçoes que tem seu perfume.
Estar sozinho.
Me lembro que a gente.
Nunca perde aquilo que vem da alma.
 

As sementes que estou plantando em seu jardim.
São as únicas esperança.
Te tiver sorrir novamente.
  

É eu vou me lembrar de voce
E voce vai se lembrar de mim?
É eu vou me lembrar de voce
E voce vai se lembrar de mim?

Antes me senti no chão.
Eu fiquei tão dilacerado.
Que perdi a felicidade.
De lhe ver sorrir novamente.


Mas agora eu posso ver.
Quem voce era realmente para mim
Agora eu sou a única nota
De uma canção perdida.


É eu vou me lembrar de voce
Voce vai se lembrar de mim?
É eu vou me lembrar de voce
E voce vai se lembrar de mim?


Estar no silencio
Sem poder ouvir sua voz.
Parece que perdi a parte.
Que me completava.
Mas estar ao seu lado.
Leva o medo e tras seu perfume.
Novamente(Gabriella Borges\Gabriel Bueno)
Nem todas as palavras,músicas,poesias,histórias,melodias,sinfonias.Nem todos os livros,verbos.Nem todos os mais altos montes e os maiores castelos,os planetas mais disntantes e os corpos mais belos,nem os mais profundos mares,golfos,penínsulas e oceanos.Nem qualquer amor que se construa em minutos,horas,semanas,messes e anos,nada nunca, podera explicar a grandeza da importancia que voce tem para mim,ímpossivel,inconfundivel,irremediavel,indiscreto,indireto,íntimo,indagavel,intenso,inesquecivel amor.
Amo voce e não é pouco de um tamanho do inexplicavel.
Ser feliz é não ter medo dos proprios sentimentos(Augusto Cury)
Eu não vou pular nessa vida nenhum capítulo de nossas vidas,eu vou proucurar e te encontrar,em todas as intenções de te amar.Quero te ver nos meus olhos todas as noites que passar em claro,tentando acreditar e imaginar suas mãos em meu rosto  fazendo o meu sonho se torna leve e longo ao seu lado.Não peço para acreditar que tudo tem um fim,mas que tudo tem um recomeço e ele para mim foi voce.
Assim me vejo sem o fim e sem esperar nenhum recomeço que passa te jogar para longe de mim.(Autor Desconhecido)

Ágape

Falar  é completamente fácil,quando se tem palavras em mente que expressem sua opinião...Dificil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer!Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circustancias.
Difícil é encontrar e refletir sobre seus próprios erros...

Fácil é fazer companhia a alguem,dizer o que ele deseja ouvir.Difícil é ser amigo pra todas as horas e dizer a verdade quando presica.Fácil é analizar situação alheia e pode aconselhar sobre a mesma.Difícil é vivenciar está situação e saber o que fazer.Fácil é demonstrar raiva e impaciencia quando algo deixa irritado.Difícil é expressa o seu amor a alguem que realmente o conheçe.Fácil é viver sem ter que se preocupa com o amanhã.Difícil é questionar e tentar melhorar suas atitudes impulsivas e as vezes  impetuosas,a cada dia que se passa.Fácil é mentir aos quatros ventos o que tentamos camuflar.Difícil é mentir para o nosso coração.

Marcos Beirigo

Era um amigo com asas de anjo e olhos de deuses.
Era um amigo com o coração magoado,mas com o sorriso nos lábios.
Não o perdi,pois,ele mora em um lugar onde meus sangue abastece a cada milesímo,abastece porque por ele não consigo morrer.
Pois ele continua vivo dentro de mim!
Eu faço desta vida uma canção
Sei que posso voar,mesmo que seja de olhos fechados
É só acreditar 03\08\2011
Muitos não entendem,alguns choram comigo,outros ficam quietos ouvindo os contos de fadas que digo para as crianças da minha rua.
Ficam me olhando fixamente até entenderem que o conto de fadas nunca é a minha vida.
Queria ir para algum lugar onde meus sonhos sejam realizaveis,que eu consiga olhar no fundo dos olhos de alguem e sentir o que lhe chamam de amor.
Eu sabia...sabia que o amor nunca dura

quarta-feira, 27 de julho de 2011

O amor não é letras,o amor é palavras.
O amor não é fazer,o amor é construir.
O amor não é distancia,o amor é saudade.
O amor não é melodia,o amor é música.
O amor não é so entre pessoas,o amor é entre todos os seres.
O amor não é voce,o amor é nos dois.(Autor Desconhecido)

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Emanuel

A esperança é de graça.O amor dele foi o unico espelho que refletiu minha alma.
Ele sabia que meu sorriso não era tão puro igual a agua dos rios.
Mas mesmo assim ele não teve medo de me mostrar que existe coisas mais valiosas que o dinheiro.
Mesmo ele me olhando com aquele olhar vazio,eu via que não era vazio mas sim inocente.
Ele se importou mais em me fazer dormi,do que ter sonhos realizáveis.
Mesmo eu sentanda no sofá mesmo com o mundo explodindo lá fora,ele me dava a mão para me levantar do sofá e atravessar a rua juntos.
Depois me via sorrindo como a agua pura dos rios.
Todas as estrelas que desenho no meu caderno,não sei o porque mas gosto tanto delas,mas mesmo sendo borradas de tinta,ele me diz que são lindas como aquelas que existiram por algum sentido como as minhas do meu caderno.
As vezes tanbo os ouvidos fecho os olhos....,mas mesmo assim ele me dá o amanha para mim destanbar os ouvidos e abrir os olhos,se isso não acontecer,ele espera o tempo que for.
Primeiro texto que escrevo que sei a quem pertence.
Escrevi com tanta simplicidade que consigo viajar atraves das palavras.
Não consigo termina o texto,falta palavras.
Terminarei dizendo que nunca e nada destruirá aquilo que os olhos dizem,que o silencio enche a alma,as lágrimas enche os olhos sem se derrama pelo rosto.
Pois aquilo que é simples sempre se torna inesquecivel e irremediavel aos olhos de Emanuel.15\07\2011
Não tenho nada que me prove a existencia de Deus,mas mesmo assim ele continua sendo o absoluto dos meus dias.Nunca choveu maná no quintal lá de casa e a imagem que tenho da Virgem Maria nunca derramou nenhuma lágrima.O que eu tenho é está mão machucada,este humano desconsolado,está dor,está cor,e este olhar desconcertante de Deus deixando-me sem jeito ao dizer que me ama(Padre Fábio de Melo)
Não tenha medo de sorrir,de amar,de correr,de brincar.Não tenha medo de errar,acertar,aprender,conheçer.Viva sempre em busa do novo.Um lugar novo,um amigo novo,uma aventura nova....Um eu totalmente renovado.Fuja do obvio,do cliche.Seja voce mesma e saiba aceitar as consequencias dos seus atos.Só não se esqueça de não proucurar a felicidade.Isso mesmo...Não proucurar.
Pois ela não é um tesouro que temos o mapa para acha-ló.Felicidade é,por si só,uma consequencia.Se fazemos o que gostamos,vivemos com pessoas que amamos e sentimos sem medo de ser feliz...Então ela apareceu.E permanece.  14\07\2011

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Eu não posso acabar com todos seus problemas,duvidas ou medos,mas eu posso ouvir voce e juntos podemos proucurar soluçoes.Eu não posso apagar as magoas e as dores do seu passado nem posso decidir qual sera o seu futuro,mas no presente eu posso estar com voce se precisar de mim.Eu não posso impedir que voce leve tombos,mas posso oferecer minha mão para voce agarra e levantar-se.
Suas alegrias,triunfos,sucessos e felicidades não me pertencem,mas seus risos e sorriso fazem parte dos meus maiores bens.Não é de minha alçada tomar decisoes por voce,nem posso julgar as decisoes por voce,mas eu posso apoiar,encorajar e ajudar se me pedir.Eu não posso traçar ou impor-lhe limites,mas posso apontar-lhe caminhos alternativos proucurar com voce medidas de crescimento,formas de encontrar-se meios de ser voce mesmo sem medo da rejeição.Eu não posso salvar seu coração de ser partido pela dor,pela magoa,perda ou tristeza,mas posso chorar com voce e ajuda-lo a juntar os pedaços.Eu não posso dizer quem é voce  ou como deveria ser,eu só posso amar voce e ser sua amiga . 01\07\2011

quarta-feira, 29 de junho de 2011

terça-feira, 28 de junho de 2011

Proucuramos tanto por algo que se chama felicidade.E nessa busca não vemos o quantas vezes somos felizes.Queremos tanto o impossivel que não vemos o quanto as coisas são possiveis.Sonhamos tanto com os melhores momentos que só os percebemos quando já se foram.O melhor sonho de uma felicidade eterna,é viver um grande momento,com pessoas que sabem viver pequenos instantes!27\06\2011

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Acordar

Talvez,eu sabia que tava sonhando.
Talvez,eu sabia que todo amor que tinha a voce dediquei.
Proucuro seus olhos,no escuro do meu pensamento,uma saudade bate fundo e só consigo sentir os raios do sol me aquecendo.
Acordar e ve que voce nunca vai estar novamente e isso me consome.Como se fosse a unica excessão da minha existencia.
Tento lhe encontrar mas meus pes nao alcança o chão que voce pisa 07\04\2011
E mesmo que o seu destino não me pertença eu nunca vou te esqueceer,Pois ninguém nunca chegou tão longe assim em mim,como voce.
Amar é morar um no outro!23\06\2011

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Meu amor é azul

Não sei o porque mas sinto a falta de algo que nunca tive.Talvez perdi por ter olhado para o lado,e não para o o outro.
Mas talvez,volte...talvez esteja me esperando em algum lugar do mundo.
Fico triste e as lágrimas descem quente dos meu olhos,e não sei o motivo certo.As vezes não tem motivos,as vezes é apenas dor de alma.
Mas o que é dor de alma?Mas por que não sei o motivo da tristeza? Será que isso é só comigo?
São perguntas que faço,desde que entendi que amar é essencial na vida de alguem.
Me dizem que sou tudo que alguem poderia ser,mas será mesmo?
Descobri que o amor é azul,um azul mais bonito que o do ceu e do mar.O meu amor é azul e o seu?
Amar não tem cor a gente inventa maneiras para pensar que tudo é colorido na vida.
Queria encontrar o infinito,para ver se achava o que me falta e me faz  chorar atoa,mas o infinito é voce que inventa,as vezes o que falta pode estar na esquina da sua casa,no parque da sua cidade ou até mesmo dentro de voce,mas fundo onde nem os olhos chegam.
Escrevo porque sinto se não sentisse talvez seria mais triste.
O mais importante no momento é o papel e a caneta,que registra certas coisas que ninguem entende.Eles me fazem ir a lugares onde ninguem nunca me levou.
Lendo momentos que não voltam,mas não tem fim.
Reflete em mim e volta,o amor surgiu,a dor da alma continua,o azul do amor nao tem fim,o abraço que não tem,mas consigo sentir através do pensamento.
É todo o meu viver,é todo o meu ser,é todas as lágrimas quentes dos meus olhos.
É tudo apenas o azul do amor e a dor da alma,é apenas o cheiro do abraço.Mas não penso em me livrar é so isso que me leva onde ninguem chega,a não ser,com lágrimas quentes.
Mas não tem fim é como alcançar o infinito é sempre poder ir lá pois ele nunca mudará.22\06\2011

sábado, 18 de junho de 2011

O que é amar?

Amar é olhar para dentro de si mesmo e dizer:Eu quero é viver intensamente.É sonhar com uma gota de realidade é realizar uma gota desse sonho.É estar presente áte na ausencia.Amar é ter em quem pensar.É uma razão que nimguem teria razão de tirar.É ser só de alguem e não deixar esse alguem só.É pensar em voce tão alto ao ponto de voce escutar.Amar é ir até a morte,é acordar para a realidade do sonho,é vencer átraves do silencio.É ser feliz até com um pouco quanto muito não é o bastante.Amar é dar anistia ao coração.É sonhar o sonho de quem sonha com voce.É sentir saudade,é chegar perto da distancia.Amar é a força da razão,é quando os nomentos são eternos. 15\06\2011

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Se voce não for meu destino,minha existencia não tem significado.Ela gosta de mim,mas sou eu que morro de amores!! 16\06\2011

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Feito por Daniele Magalhães para mim *----*

Sem voce não haveria sol nem céu,não haveria amor na minha vida,não haverá mais palavras para mim.E eu não sei o que faria,ficaria perdida se te perdesse,se voce for embora voce levaria todo amor real da minha vida conhecida como AMIZADE VERDADEIRA

domingo, 5 de junho de 2011

Lágrimas que derramei

Quando voce se entrega até a ultima força que existe dentro do teu ser e a cada minuto voce pensa nos monentos que foram só seu e as lágrimas enchem seus olhos e conheça a chorar.
E triste a gente acordar e saber que o amanhã não volta para nós consertarmos o incerto,e que o céu é azul até nos dias de dor que apesar dos nossos erros o mundo não para,para nos os conserta-lós.
E o que mais sofre é nossa alma apesar das graças conseditas ao lado daqueles que nos dá força o suficiente para entendermos que tudo é passageiro.
Eu tenho medo,medo das palavras erradas e do escuro.
Digo então,que te amei tanto que hoje não tenho mais lágrimas para chorar por outro e apesar das lágrimas derramadas voce é meu tudo.
Tenho vontade de ter usar  como se fosse a ultima vez que te vejo.
Amo voce por isso sou feliz sozinha,porque sei que até do outro lado,voce será meu.
Como se eu precisa-se da água para matar minha sede e ao mesmo tempo do calor para me aquecer,para que eu nunca fique fria,sempre te amarei com as chamas que me aquece.
Voce foi tudo o que sempre quis,minha alma não sofre ela apenas agradece a cada segunda a sua vinda atraves das minhas trites lagrimas que derramei por todos esses dias

A Carta

A chuva me trás a sensacão de que o dia não vai ser do jeito que gostaria,que o frio dela me faz lembrar o que não gostaria de lembrar e as vezes lembro que para amar deve se intregar por inteiro.
Por que voce é minha tristeza é nunca minha alegria?
Talvez,seja,porque voce me lembra que ta chovendo lá fora.
Voce é tão simples como os nomes João e Maria,é aquilo que ilumina o céu no anoitecer fico te olhando mas não consigo pensar em nada,nem nas fantasias que faria com seu corpo e com apenas um desejo te possuirei eternamente.
Não consigo dizer Te Amo,pois,voce não me escuta...
Não consigo lembrar do seu sorriso,talvez seja,que minha menória esteja fraca ou as vezes penso em outro sorriso.Voce sabe que gosto de violetas e me dá rosas.
As vezes nada significa,outras vezes significa minha vida,átraves de voce conheçi o paraíso do desejo de lutar e viver por aquilo que pensam que é impossivel.
Mas na verdade não sei expressa a maravilhosa sensação de ter uma noite fria que graciosamente fica quente em seus braços.
Não preciso que me reconheçam,mas que reconheçam meu coração como no céu que pessoas acham que lá anjos existem.
Não...não consigo respirar,amar viver sem voce,preciso do seu jeito,do seu calor debaixo do adredon escutando Shaskespeare que diria no seu ouvido,e o arrepio subindo dos pés a cabeça.
Olho no olho e boca na boca.
E cada dia voce me ganha mais e mais e faz de mim o sol do universo que ilumina todas as constelações.
Garoto...dificil dizer teus segredos,voce é meu,voce é a chuva eu a flor,terra e espinho...
Amo voce mas que Deus,mais que meu chocolate estou partindo com o sol,não fique triste te amarei aternamente.
Espero a flor coloca no meu sepultacro te espero pois a lugar nenhum vou mais.
Está carta começa com a chuva das minhas lágrimas,não se apresse o tempo vai chega e ao seu lado poderei dizer que viveremos etermamente.
Me perdoe,pois minha hora chegou.Amado nas nuvens,no arco-iris estarei sorrindo e te amando por seculos e seculos.
Morte é uma transferencia ou qualquer coisa que cheira eterminade 12\10\2009

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Parte do filme PS Eu Te Amo

Mas Holly,a vida de nimguem é repleta de monentos perfeitos.
E se fosse,não seriam momentos perfeitos.Seriam apenas normais.
Como voce poderia saber o que é a felicidade se nunca tivesse experimentado as quedas?
Voce é minha vida,Holly.Mas fui só um capítulo na sua.Haverão muitos outros
Somo muitos arrogante,não?Temos medo de envelhecer e fazemos de tudo para impedir isso.Não percebemos o privilégio que é envelhecer com alguem.Alguém que não te dá vontade de se suicidar!!Ou...que humilha voce de forma irreparável...Bonito isso.
O que voce quer?O que?Porque eu cansei de tentar descobrir.Um apartamento,maior?Arrumo mais um emprego.Quer um filho?Não quer um filho?O que então?Sei o que eu quero,porque está em minhas mãos agora.E voce?Sabe o que quer?É melhor dizer agora,se não sou o que voce quer.
Promete que sempre que se sentir triste ou insegura ou perde a fé,vai olhar para si mesma,com meus olhos.

sábado, 14 de maio de 2011


Eu era apenas um poeta,ela a expresão da beleza.Laura tinhas os olhos cor de mel que combinava com os cabelos.Fiz uma viagem para Suiça com alguns amigos Miguel e Paulo,ela estava trabalhando no bar do navio como dançarina.Miguel era noivo de Ana e Paulo era novo demias para pensar em amor.
E eu Marcos apenas um poeta descontrolado,apesar de não ter-me apaixonado profundamente,meus poemas era a maior expresão dos corações apaixonados.Não deixei para depois,já fui ao bar do navio beber e conheçer o local.Ela apenas trabalha numa noite,descobri sozinho,pois,ia todos os dias,para ver se via Laura.Foi díficil me aproximar dela,pois,apenas nos servia a cerveja e voltava ao balção.De longe eu a  observava.Num dia a chamei para sair comigo,ela me pergunto o por que,eu respondi:algo voce esconde eu quero descobrir e me perde junto a voce.Ela apenas me olhou profundamente e não disse nada.Levei aquilo como um sim.Fomos apenas ver o mar e conversa.Ela veio sozinha,pois,estava indo para a casa da sua irma na Suiça,morava com avó decidiu ir embora depois que sua avó tinha morrido.Ela não pergunto nada sobre mim,mas já conhecia alguns defeitos.Infinitamente eu senti que aquilo era para sempre,ela me beijou no rosto e foi embora.Eu parecia um bobo não sabia se escrevia as tolices que via ao meu redor ou se presenciava aqueles minutos que até nos meus sonhos me perseguiam.Saímos mais vezes até que nos beijamos,não foi o melhor mais foi o beijo mais intenso que já dei em alguém.Depois disso ficaríamos juntos até que chegassémos a Suiça e cada um seguiria sua vida,isso era o que eu dizia mais não o que desejava,ela tentou me ajudar a parar de beber tanto e muitos versos que fazia a ela dediquei.Eu me descobria mais feliz a cada pedaço de Laura parecia um bobo de tanto sorrir,mais aí olhava para ela e via que ela também estava sorrindo,então quem é o bobo da história?
Eu disse para ela que queria continuar com ela,quando chegasse na Suiça,mas ela não queria.Fiquei alguns dias sem ver Laura,fiquei no meu quarto bebendo e escrevendo.Ela foi ao meu encontro,quando viu que não estava indo mais no bar do návio.
Ela decidiu me contar a verdade,ela para conseguir chegar na Suiça ela teve que dormir com Thómas um cara que trabalhava no návio,ele ia ajudar ela a arrumar um emprego no návio para ela embarga até na Suiça.Lentamente as lágrimas escorria dos olhos de Laura.Não fiquei com pena,tinha visto que era uma mulher forte,por ter que passar por certas situaçoes.Aquela noite eu cheirava a cerveja,mas mesmo assim dormiu do meu lado.
Acordei,mas ela já tinha ido embora.Tinha um bilete que dizia:É uma honra amar voce.
Depois que li o bilhete foi o dia mais radiante da minha vida,pois,descobri que me apaixonei,e encontrei alguém que me amava realmente.Fui ao bar,naquele dia não bebi apenas acompanhei Miguel e Ana,queria melhorar,queria ser o melhor para Laura.
Laura tinha uma doença hereditária,que quando ela compretasse certa idade,ela morreria poia a doença se desenvolve em mulheres de sua família.Ela tinha 21 anos e entre 1 mes faria 22.Fiquei triste mas jurei a mim mesmo que faria daquele último ano  o mais intenso.Ela não tinha me contado que faria aniversário entre 1 mes,Miguel descobriu para mim.
Eu estava tão paixonado,que nunca tinha escrito versos tão lindos quanto ela.Depois que ela saia do trabalho sempre estava esperando ela no meu quarto.E nos domingos sempre ia ver ela dançando.Na bebida tinha menerado mas não tinha parado totalemente,aquilo as vezes era mais forte do que eu.
Numa terça Laura passou mal,foi a enfermaria do návio,mas foi um desmaio e algumas tonturas foi o que ela me conto.Estava chegando o dia do aniversário de Laura,não sabia o que dar a ela de aniversário,e nem ela imaginava que sabia desse acontecimento.
Mas ao mesmo tempo fiquei triste,pois,já saberia que aquele aniversário era o primeiro e o ultimo a ser comemorado comigo,ela passou mal novamente na quinta com os mesmo sintomas me disse que poderia ser algo que comeu e ainda está fazendo mal a ela.Chegamos na Suiça e desembargamos juntos.No proximo sábado era aniversário de Laura e já sabia o presente.Entre esse tempo ela ficou na casa da sua irmã,ate´o casamento realmente acontecer.Minha casa era bem aconchegante com chaminés,poderíamos ali viver tranquilos e felizes.
Sexta mal dormi,queria que chegasse logo sábado,dormi,mas acordava quase toda hora.Acordei as 8 da manhã,já fui arrumando logo a surpresa para Laura.
Fui  á casa dela,pedi que colocasse a roupa que levei,ela veio comigo e mais sua irmã,chegamos numa pequena capela do bairro de Laura.
Ela não entendeu muito,mas depois foi observando que aquilo era um casamento,não muito esperado.Mas sorriu como uma criança.Disse a ela:a vida não foi facil ate voce me encontra,e até eu encontra voce.Mais nada agora iria mudar nossos destinos.
Casamo-mos com algumas testemunhas,Miguel e Ana foram nossos padrinhos.
Fomos para a minha casa,antes de dorminos,Laura me disse que este dia foi o mais especial que ela já teve,e que queria me dar um presente também.Ela veio com uma caixinha embrulhada com papel de presente cor azul,abri e me surpreendi,pois,lá dentro tinha um sapatinho de bebe.Meus olhos encheram de lágrimas lhe abracei fortemente e começamos a chorar juntos.
Fomos ao médico para saber se a doença de Laura poderia afetar o bebe.O médico disse que não poderia se ela morrese depois da criança completa 6 messese,e poderia se ela morresse antes de 6 messes não taria completamente formada pra viver com saude.
Vivi dias e noite maravilhosos ao lado  de Laura.Ja iria fazer 3 messes de gravidez,ainda não sabiamos o sexo,mas já tinhamos o quarto do nosso neném.Ela estava  muito bem,até esquecia que em algum minuto ela poderia morrer,e ainda levar outra pessoa que tava aprendendo a amarNesse tempo nossa vida foi normal,eu trabalhava no escritório de direito do meu pai,quase não tinha mais tempo para escrever e a bebida tinha parado totalmente.Chegava em casa pelas 7 da noite,tomava banho e iria jantar e contar o que tinha feito naquele tempo que fiquei longe dela.,sempre sua irmã,Miguel e Ana estava lá em casa,eu pedia para eles sempre que pudessem ir na minha casa,tinha medo de deixar Laura sozinha,Já fazia 5 messes de gravidez ,fomos novamente ao médio,o médico fez uma suspense antes de nos dizer o sexo,nos perguntando o que queriamos,eu disse que queria um menino para jogar futebol e ir para o trabalho comigo,ela já queria uma menina para ajudar nas tarefas de casa e ir fazer compras juntas.Laura estava muito bem sua barriga estava bem grande e não tinha engordado quase nada.
O médico nos conto que nosso pedido foi realizado era um casal de gemeos.Ficamos super felizes,tinha que me preparar-me mais pois seria pai de primeira viagem e ainda de dois!
Nesse tempo ficamos fazendo planos,escolhendo o papel de parede,os berços,carrinhos...Tudo em dobro,mas que tinha a sastifação que não se mede.
Sexto mes de gravides,nesse tempo escolhemos o nome dos bebes,a menina chamaria Antonia e o menino Miguel homenagem ao meu amigo e padrinhos das crianças.
Ela já ia para o sétimo mes,já tava tudo preparado para a vinda das crianças.
Acordei no dia seguinte atrasado para o trabalho,chamei Laura mas ela não me atendia,desci ate na cozinha ela estava caída desmaiada.A levei correndo ao hospital,chegamos lá já era tarde,a doença levou Laura de mim e ainda meu presente que descobri através de um sapatinho.
Fiquei desesperado,nem ao velório fui.Parecia que meu teto de vidro tinha desabado sobre mim.Fui ao tumulo dela no dia seguinte,fiquei a maior parte do tempo olhando para minha pequena princesa.
O tempo te levou e ele não traz ela novamente,nada mudará,nada mudará o que aconteceu entre mim e Laura.Sem ela não tenho razão de viver,de respirar,eu vivia favor dela,a favor do amor de Laura.
Meus passos não seram o  mesmos,a palavra sorriso não existi mais,ela faz mais falta que um dia,senamas,messes,anos de dia de sol.Nem todas as palavras,músicas,poesias,histórias,lendas,melodias,sinfonias, nada mudara o que ela significo na minha vida.Não a perdi pois ela mora em um lugar em que meu sangue abastece a cada miléssimo,abastece por que por ela não consigo morrer pois ela continua viva dentro de mim.
Se passaram dois dias,mas parece que se passou dois anos,comecei novamente a beber,dormia e acordava bebendo,Miguel ia na minha casa todos os dias,mas não  abria a porta.Estava totalmente embreagado,não comia,não dormia mais nada tinha significado,mas nada tinha sentido.
Se passava os dias mais parecia que era uma etenidade.
Irrémediavel,intenso era a falta de Laura.Passei mal e acordei no hospital,estava vomitando sangue.Miguel estava chorando,quando o olhei,já  sabia que estava morrendo disse a ele para não ficar triste pois essa era a minha escolha,queria reencontrar Laura,aqui não estava mais feliz e cada dia que vivia era infeliz sozinho.
Disse a Miguel que me perdoasse,pois não fui forte o suficiente,e que as vezes sobreviver não significa nada a algumas pessoas.
Pedi a ele me enterrasse junto a Laura.
Esse foi meu ultimo pedido.
Miguel sabia que eu seria feliz realmente ai lado daquela linda dançarina,ao lado da pessoa que realmente me fez feliz.
O tempo tirou voce de mim agora ele me leva até voce.Te amo para meu todo sempre 30\04\2011
Não volte,pois não saberia te perde novamente!

Há onde voce estiver

Há onde voce estiver o vento desenha seu rosto e traz seu perfume novamente.
Há onde voce estiver,os anjos choram comigo por não ter-me despedido da outra metade do meu ser.
A saudade me corrompe,e o tempo mais ainda.
Se for preciso ao inferno me mergulho,se for preciso paro de sorri,se for preciso perco o medo do escuro
Só para sorrir como uma criança
Só para sentir suas mãos quentes novamente.
Só para olhar nos teus olhos e me encontrar no fundo da tua alma.
Ele une todas as coisas áte o vazio que me dá.
Não entendo a vida sendo que precisa morrer.
Não entendo a vida sendo que precisa viver.13\05\2011

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Nem sempre quis conheçer as estrelas
Mas as vezes quero conheçer minha própria alma 17\07\2010

Gabriella(Gabriel Bueno)


E quando todas as estrlas brilharam
Ela abriu os olhos pela primeira vez
Seu humor é uma coisa de louco
Tem dia que ama a todos
E no outro quer apenas mata-lós
E quando eu a olho
Ela me passa algo
Que não sei dizer
E quando as luzes apagão  derrepente
Lá está ela

Dançando no escuro
Gritando suas dores ao vento
Ela poderia ser perfeita
Mas sua sinceridade a deixa transparente demais
E ela está dançando no escuro
Então eu abro meus olhos e é apenas um sonho

Ela odeia todo tipo de pessoa que fala pelas costas
E o que falta em sua vida
É um pouco mais de vodka
Gabriella tem o pior gosto
Acha o bonito agradável
E o feio adorável
Quanto menor colocou fogo em casa
Mas com o tempo amadureceu e ficou velha demais

Parece que conversa com todos
Os olhando por dentro
Parece que o exterior para ela
Não é o mais importante
E isso a encanta

Ela não se abre facil
E penso eu que nunca tenha chorado
A não ser trancada em seu quarto isolada
Aa vezes fala com tristeza na sua voz
E no mesmo tempo sorri com toda felicidade

Gabriella não é uma menina má
Mas também não é uma menina  santa
Entre as flores ela desaparece
Pois seu perfume nos deixa cego
As vezes tão simples como a agua
Em outros tão chique como o champanhe
E hoje um dia sem voce
É como se as piscadas  fosse de horas em horas

E ela está dançando no escuro
Gritando suas dores ao vento
Ela poderia ser perfeita
Mas sua sinceridade machuca

E Gabriella se abre comigo
Eu não poderia te salvar da tempestade
Mas poderia te dar a mão e não solta mais

Sendo seu melhor amigo
Gabriella vamos dançar no escuro
Sobre a chuva
Por que quando ela passar
E as nuvens desmontoarem das estrelas
A vida fica mais fácil
Então possamos pensar no futuro e envelheçer juntos.
Pois agora,seja apenas mais uma jovem,apenas Gabriella.

Entre meus limites 25\01\2011

Eu chegaria em um lugar onde só meus pensamentos encontra  abrigo e o vento secando minhas lágrimas antes que alguem as perceba e com a leveza abriria um sorriso só para receber outro em troca.
O limite existe!?Me ensina como viver sem ter medo de perde,sem ter medo do escuro e das palavras erradas?
Infinitamente,voce existira entre meu horizonte,em meus versos e em meus próprios dedos que conseguem apagar,corrigir,rasga,sentir,entrelaçar sentir tudo que voce pensava que não existia diante dos meus pápeis diante das palavras que gritam somente no meu interior.
Acredite voce foi um dos motivos que me fizeram voltar,e sentir novamente aquele friozinho na barriga com vergonha de olhar no seus olhos e me perde dentro deles.
Encontraria seus segredos mais íntimos e juntaria com a fé que em mim nunca se limita.
A música soa em meus pensamentos e meus sorriso aparece lentamente debaixo do adedron.
Hora de dormir!
Hora de deixa a realidade um pouco para o amanhã.E o desejo que o dia recomeçe logo,renasça,sem eu ter medo do limite do meu próprio eu.